quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Chuva Em Noite De Lua Cheia.

Tinhas partido, era um facto... Estava na praia, recordando alguém em quem era capaz de confiar a minha própria vida... Onde quer que estejas, sei que ainda te lembras de mim, tal e qual como eu de ti. Ainda não estavas ali, mas eu conseguia sentir que ias estar naquela noite... Antes de partires disseste-me que quando chovesse numa noite de lua cheia, eras tu que estavas ali. Estava sentado junto ao mar, numa noite de lua cheia esperando que chovesse para te ter ao pé de mim outra vez... As horas passavam e não havia qualquer sinal teu. Levantei-me sem esperanças virando costas para o mar, preparando-me para partir quando de repente começou a chover... O meu rosto estava molhado, por dentro sentia uma explosão de alegria e felicidade. Tu estavas ali, ao pé de mim novamente. Sorri e disse: Sempre vieste...
A partir desse momento comecei a ir à tal praia, todas as noites de lua cheia...

9 comentários:

  1. pois é, mas sabes? temos de dar a volta por cima.
    sempre que caimos temos de nos levantar ! podemos tentar mil e uma vezes e falhar essas vezes todas. mas se continuarmos, vai haver um dia em que vamos conseguir, contrariamente a desistirmos - aí nunca vamos conseguir.

    ResponderEliminar
  2. Bruno, queres fazer o desafio que tenho no blog?$:
    o das sete coisas..

    ResponderEliminar