sábado, 15 de janeiro de 2011

Eu Chegarei Até Ti...

Estou sem forças, sem esperança e sem coragem, mas eu sabia que tinha que continuar. A viagem iria ser longa mas eu não podia parar, não agora que tinha feito tanto. Na minha cabeça ecoava a tua voz a chamar por mim. Só tens que esperar um bocado, eu vou a caminho, em breve estaremos juntos e tudo vai acabar bem. Quem te levou tinha um objectivo: acabar com tudo o que havia dentro de nós... Mas o que essa pessoa não sabia é que a corrente que nos unia, era mais forte que qualquer força existente no mundo. Era essa corrente que me garantia que estavas bem, ainda viva. Essa tal corrente permitia-nos ainda ler os pensamentos um do outro... Era essa parte que ainda nos mantia vivos, ouvindo no nosso interior a voz um do outro. Aguenta-te, porque com ou sem forças, com ou sem esperança e com ou sem coragem, eu chegarei até ti...

3 comentários:

  1. como escreves tão bem. (:
    post tão lindo, tão sentido. mas sobretudo, é mesmo isso. quando há alguém que é tão ou mais importante que a nossa própria vida, vale a pena continuar, levantar a cabeça e seguir em frente!

    ResponderEliminar